Top 15 - Indústria Farmacêutica - Vendas em 2016 - Em Bilhões de Dólares - Top drugs by sales in 2016


Fusões e aquisições foram a causa de algumas movimentações abruptas no mercado internacional da Indústria Farmacêutica em 2015. A história registrou um ano de recordes, fusões e aquisições entre as empresas farmacêuticas e de biotecnologia, num total de US$ 300 bilhões conforme anunciado.

Enquanto as empresas farmacêuticas não estavam tão ativas, o crescimento dos produtos, em vendas em 2016, continuaram a manter-se extremamente robusto, com pequenas mudanças na ordem de classificação dos medicamentos em relação ao ano anterior.

A empresa PharmaCompass fez uma compilação dos principais medicamentos de 2016 em receita de vendas.

Os mais vendidos

Humira® (adalimumab) da Abbviecontinua o medicamento mais vendido no mundo, acrescentando outros US$ 2 bilhões as vendas de 2015 por meio da geração recorde de vendas de US$ 16,078 bilhões em 2016.

No ano passado viu o FDA aprovar o Amjevita® (adalimumab - ATTO) da Amgen - um biossimilar do Humira®. O Amjevita® foi aprovado para o tratamento de adultos com uma variedade de condições médicas que variam a partir de Artrite Reumatóide, Psoríase em placas, a Colite Ulcerosa.

O Harvoni® (ledipasvir e sofosbuvir) da Gilead, com um recorde de vendas de US$ 13,864 bilhões em 2015, teve uma queda na performance de 2016, Suas vendas caíram para US$ 9,081 bilhões. A Gilead não conseguiu manter sua taxa inicial de novas receitas, além da concorrência da Merck e Abbvie a obrigarem a oferecer grandes descontos para as seguradoras de saúde. 

Embora os executivos da Gilead esperem crescimento no mercado da Hepatite C, este ano a Gilead continuará a enfrentar uma correnteza contrária como o da nova pílula combinada - Zepatier®- da Merck que entrou no mercado americano com um preço de lista de US$ 54.600, bem abaixo dos $ 94.500 para Harvoni® num regime trimestral.

Os medicamentos biológicos como o Enbrel® (etanercept), Remicade® (infliximab) e MabThera® (rituximab), mantiveram suas posições de 2015, embora suas vendas combinadas tenham aumentado um pouco mais de US$ 300 milhões. Isto significa que por mais um ano, os 4 medicamentos mais vendidos no mundo são de origem biológica.

O Revlimid®(lenalidomida) da Celgene, derivado da talidomida, introduzido em 2004 como um agente imunomodulador para o tratamento de vários tipos de Câncer como o Mieloma Múltiplo, um Câncer das células plasmáticas da medula ósseatrouxe US$ 5,8 bilhões em 2015, crescendo 20% este ano para US$ 6,974 bilhões. Neste momento o Revlimid® contribui com mais de 60% das vendas totais da empresa de US$ 11,229 bilhões.

A Roche é a empresa com o maior número de produtos, dos quais três estão nesta lista do ranking. Com vendas quase idênticas de US$ 6,7 bilhões, nos tratamentos de Câncer com o Herceptin® e o Avastin®.




Outros artigos:


Veja os detalhes por produto:






#Humira #Harvoni #Enbrel #Remicade #MabThera # Rituxan #Revlimid #Avastin #Herceptin #Lantus #Prevnar # Prevenar 13 #Xarelto #Eylea #Lyrica #Neulasta #Seretide # Advair #Copaxone #Sovaldi #Tecfidera #Januvia #Opdivo #Abbvie #Amgen #Bayer #Biogen #BristolMyersSquibb #Celgene #Gilead #GlaxoSmithKline #JohnsonJohnson #Merck #Pfizer #Regeneron #RegeneronPharmaceuticals #Roche #Sanofi #Teva


Comente e compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography®
⬛◼◾▪ CONTATO ▪
brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com

Vitrine

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...