Views

Histats

Vitrine

The Most Innovative Biotech Companies of 2017

The Most Innovative Biotech Companies of 2017


A INOVAÇÃO É A CHAVE PARA O SUCESSO DA INDÚSTRIA DE BIOTECNOLOGIA. A NECESSIDADE É A MÃE DA INOVAÇÃO, E ASSIM AS EMPRESAS DE BIOTECNOLOGIA, DE SUCESSO, ESTÃO SEMPRE FOCADAS EM SUAS INICIATIVAS DE INOVAÇÃO A FIM DE TRAZEREM NOVOS PRODUTOS PARA O MERCADO E O BENEFÍCIO DAS PESSOAS. ASSIM, A ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO DE UMA EMPRESA DE BIOTECNOLOGIA DEVE EVOLUIR CONSTANTEMENTE, SE QUISER MANTER-SE COMPETITIVA NO MERCADO LOCAL E INTERNACIONAL. POR ESTA RAZÃO, OS CIENTISTAS E EMPRESÁRIOS QUE TRABALHAM NESTA INDÚSTRIA SÃO IMAGINATIVOS, REVOLUCIONÁRIOS, INVENTIVOS E ENGENHOSOS, BEM COMO TRABALHADORES.

Medtronic
A Medtonic é uma empresa de dispositivos médicos, sediada em Dublin, Irlanda. A empresa obteve a aprovação do FDA em setembro 2016 para o seu sistema de gerenciamento da Diabetes chamado MiniMed 670g. É constituída de um monitor de bomba e glucose ligados sem fios para o tratamento de pacientes com Diabetes do tipo 1. A empresa também lançou um aplicativo em 2016 para ajudar os usuários a entenderem o caminho que precisam trilhar para reagir a certos alimentos, baseado em seus níveis de açúcar.

Celmatix  
Esta empresa de biotecnologia sediada em Nova York desenvolveu recentemente um software de previsão de fertilidade, para ajudar 7 milhões de mulheres nos Estados Unidos que lutam para conceber. A empresa utiliza Medicina Genômica e a análise de Big Data para melhorar os tratamentos de fertilidade.

Johnson & Johnson
A empresa estabeleceu uma incubadora | aceleradora em 6 locais em 2 países em 2016. Estes abrigam atualmente cento e trinta startups médicas com um espaço disponível de 180.000 metros quadrados. Estas empresas são dedicadas às inovações farmacêuticas e biotecnologia.

23andMe
Esta empresa de biotecnologiaMedicina Genômica está sediada em Mountain View, Califórnia. Em 2016, a empresa ajudou a 120.000 pessoas na busca de sua história pessoal em seu DNA. A empresa trabalha em estreita colaboração com a FDA, compartilhando relatórios de saúde de ancestrais genéticos diretamente para os consumidores.

Abbott
Estabeleceu novas instalações de pesquisa e desenvolvimento na China e no Brasil em 2016, somando-se aos seus mais de 40 sites existentes, em 20 países. A empresa introduziu um (1) dispositivo de monitoramento de glicose que elimina a rotineira necessidade de picadas nos dedos. Um (2) Stent Cardíaco que dissolve depois do seu trabalho de limpar uma artéria bloqueada; e (3uma fórmula para lactentes mais próxima do leite materno.

Color Genomics
Color Genomics, uma startup de saúde com sede na Califórnia, tornou possível fazer um teste genético de uma maneira fácil e de baixo custo. A empresa acrescentou testes para oito tipos diferentes de Câncer em 2016, e também está analisando 30 novos genes.

PatientsLikeMe
Esta é a maior rede de saúde personalizada no mundo, com mais de 500 k membros. Em 2016, associou-se a Duke´s ALS (Esclerose Lateral Amiotrófica) clínica de avaliação da possibilidade de utilizar o peptídeo de soja Lunasina, a fim de reverter os sintomas em pacientes com ALS. A empresa também colaborou com gigante Walgreens para incluir comentários de pacientes em seu site para milhares de medicamentos, assim, os pacientes poderão aprender uns com os outros.

The Fortune 2016 Global 500 - Top 12 - McKesson


Parker Institute for Cancer Immunotherapy
Empresa com sede na Califórnia, San Francisco, foi criada em abril de 2016. Dentro de um curto período de tempo, e com grande sucesso, investiga diversas formas de Câncer, conduzida e financiada através de seu novo modelo inovador. Os principais centros de Câncer da nação tais como Stanford Medicine, University of California, Memorial Sloan Kettering Cancer Center e outros formam o núcleo deste instituto.

Pharmaceuticals Braeburn
Sediada em Nova York, EUA, O Probuphine® da Braeburn recebeu aprovação do FDA mai|16 e tornou-se o primeiro implante de Buprenorfina para o tratamento e manutenção a longo prazo da dependência de opiáceos.

Illumina
Os produtos iniciais desta empresa sediada em San Diego permitiram aos investigadores explorar o DNA numa escala inteiramente nova. Isto pode ajudá-los a criar o primeiro mapa de variações genéticas associadas com doenças, saúde e a consecutiva resposta aos medicamentos. As inovadoras tecnologias de sequenciamento e matriz da empresa estão alimentando avanços inovadores em diagnósticos moleculares, pesquisa de ciências biológicas e Medicina Genômica de consumo.


Referências
As empresas mais inovadoras de 2017 por sector - Fast Company



Análise Num Relance


Original: IgeaHub

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!


⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST


⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 

⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Top 20 Pharma Companies based on R&D Investments in 2015-16

Top 20 Pharma Companies based on R&D Investments in 2015-16


Novartis
Empresa multinacional suíça sediada em Basileia, na Suíça. É uma das maiores empresas farmacêuticas em termos de vendas no mercado, e investiu $ 11,2 bilhões em P&D entre 2015-16 ano fiscal.

Roche
A Roche é uma empresa de saúde multinacional suíça que tem duas divisões: Produtos farmacêuticos e diagnósticos. A empresa investiu 10,7 bilhões em P&D entre 2015-16.

Johnson & Johnson
A Johnson & Johnson é americana, produtora de dispositivos médicos e bens de consumo. Gastou $ 10,3 bilhões último ano fiscal em P&D.

Pfizer
Esta empresa farmacêutica americana internacional está sediada em Nova York. Sua despesa em I&D atingiu $ 8,78 bilhões entre 2015-16.

Merck 
Merck é uma das maiores empresas farmacêuticas do mundo, que está atualmente operando em mais de 140 países. Sua sede é em Nova Jersey, Estados Unidos. No ano fiscal de 2015-16, a empresa gastou $ 8,03 bilhões em P&D.

Bristol-Myers Squibb
Empresa americana passou de $ 6,59 bilhões em investimento em P&D no último ano fiscal. A empresa está sediada em Nova York.

Sanofi
Esta empresa multinacional francesa está sediada em Gentilly, França. A empresa gastou $ 6,54 bilhões em P&D no ano fiscal 2015-16.

AstraZeneca
A AstraZeneca é uma empresa biofarmacêutica global com sede em Londres, Reino Unido. Sua despesa em I&D atingiu $ 6,50 bilhões entre 2015-16.

Bayer
A Bayer é uma empresa farmacêutica alemã de Ciências da Vida, que tem sede na cidade de Leverkusen. Gastou $ 5,53 bilhões em P&D no último ano fiscal.

GlaxoSmithKline
A GlaxoSmithKline é uma empresa farmacêutica britânica com a missão de ajudar as pessoas a se sentirem melhor e viver mais. As despesas de I&D da empresa atingiram $ 5,25 bilhões entre 2015-16 ano fiscal.

Além destes, aqui está a lista de próximas empresas farmacêuticas de topo que investiram pesadamente no último ano fiscal:

Abbvie ($ 4,86 bilhões)
Eli Lilly ($ 4,56 bilhões)
Amgen ($ 4,51 bilhões)
Celgene ($ 4,23 bilhões)
Boehringer Ingelheim ($ 3,74 bilhões)
Gilead Science ($ 2,77 bilhões
Takeda ($ 3,29 bilhões)
Allergan ($ 3,06 bilhões)
Biogen ($ 2,30 bilhões)
Novo Nordisk ($ 2,17 bilhões)

#Roche #Pfizer #Merck #BristolMyersSquibb #Sanofi #AstraZeneca #Bayer #GlaxoSmithKline #AbbVie #EliLilly #Amgen #Celgene #BoehringerIngelheim #GileadSciences #Takeda #Allergan #Biogen #NovoNordisk #Novartis #JohnsonJohnson

Referência
Scoreboard UE 2016 (Mundial de 2500)
Original: IgeaHub


Análise Num Relance


Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!


⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST


⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 

⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Top 10 Global CROs - Contract Research Organizations - in 2016

Top 10 Global CROs - Contract Research Organizations - in 2016





O mercado de CROs é muito fragmentado. O Top 10 controla 56,1% do mercado em 2008 e 55% em 2009.

Dados mais recentes revelam um aumento de 15,5% em gastos com P&D a partir de 2015 a 2020.




A partir de 2016, os 10 melhores CROs são os demonstrados no início deste artigo.

O declínio da produtividade de P&D e o contínuo aumento dos custos de desenvolvimento de novos produtos tem levado a um aumento na terceirização dos processos de investigação por empresas farmacêuticas e de biotecnologia. As CROs oferecem um amplo portfólio de serviços que incluem a descoberta de medicamentos, avaliação pré e pós-clínica e serviços de vigilância pós-mercado. O mercado global de CROs foi avaliado estimadamente em US$ 25 bilhões em 2015. O mercado tem testemunhado, uma taxa forte de crescimento de dois dígitos ao longo da última década. Espera-se uma taxa de crescimento anual entre 7% a 11% até 2020.


O mercado de CROs está altamente consolidado. De acordo com o IMAP’s Global Pharma & Biotech M&A Report - 2014, a cota de mercado combinada das 10 principais empresas neste mercado foi estimado em mais de 75% em 2011. A natureza altamente regulada do mercado e os requisitos de investimento de capital elevado são importantes obstáculos à entrada de novos operadores. Eles também atuam sob desafios operacionais importantes para os CROs de médio e pequeno porte.

Entre 2007 e 2012, perto de 45% dos CROs de pequeno e médio porte foram adquiridos por agentes de mercado maiores ou haviam suspendido suas operações.


Análise Num Relance


Original: IgeaHub

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!


⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST


⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 

⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Análise Num Relance - Abbvie

Análise Num Relance - Abbvie



A Abbvie é uma empresa sediada em Delaware. Desenvolve e comercializa terapias voltadas para os tratamentos de reumatologia, gastroenterologia, dermatologia, oncologia, virologia, doenças neurológicasdoenças metabólicas.



 A companhia registrou vendas de US$ 25,6 bilhões em 2016, um aumento de 12% em comparação aos US$ 22,8 bilhões de 2015. O lucro por ação em 2016 foi de US$ 3,65. Isto pode ser atribuído, principalmente, pela força continuada do HUMIRA (adalimumab), o crescimento da receita após a aquisição relacionada com o IMBRUVICA (Ibrutinib) e o crescimento da receita em outros produtos-chave, incluindo o Creon (pancrelipase) e o Duodopa (carbidopa e levodopa de suspensão enteral). As vendas globais do HUMIRA aumentaram 16% e as do Creon de 15,5%, juntamente com as do Duodopa em 18% em 2016. Estes aumentos foram parcialmente compensados ​​por um declínio na receita líquida do Kaletra (lopinavir e ritonavir), de -16,9% e do VIEKIRA (dasabuvir, ombitasvir, paritaprevir e ritonavir) (-6,4%). As vendas do quarto trimestre fiscal (Q4) foram de US$ 6,7 bilhões, um aumento de ~ 7% em comparação as vendo do Q4 em 2015. Um forte crescimento das vendas foi impulsionado pela força continuada em todas as suas três principais categorias de mercado - reumatologia, dermatologia e gastroenterologia, juntamente com o aumento do crescimento das vendas do HUMIRA.




Destaques estratégicos:  (Q4, 2016)

colaborações

Johns Hopkins University School of Medicine fez um acordo de colaboração de 5 anos com o objetivo de promover a investigação em oncologia médica. (Dec)

A Northwestern University assinou um acordo de colaboração de 5 anos para o avanço e investigação de descobertas em oncologia. (Dec)

submissões de investigação

Submeteu o Glecaprevir / Pibrentasvir, para o tratamento de todos os principais genótipos do vírus da Hepatite C Crônica, ao New Drug Application ao FDA dos EUA sob um regime experimental. (Dec)

aprovações de pesquisa

Recebeu autorização condicional da European Commission’s para o VENCLYXTO (venetoclax), uma monoterapia para o tratamento de LLC - Leucemia Linfocítica Crônica. (Dec)

Recebe o Orphan Drug Designation para risankizumab do FDA dos EUA, para o tratamento de pacientes pediátricos com Doença de Crohn. (Nov)

Recebeu do FDA dos EUA, o Orphan Drug Designation para medicina experimental do Veliparib para o tratamento de câncer avançado de CNPC - Câncer de Pulmão de não Pequenas Células. (Nov)


Análise Num Relance


Original: IgeaHub

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!


⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST


⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 

⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Análise Num Relance - Bayer

Análise Num Relance - Bayer


A Bayer opera em três segmentos: Farmacêutica, Saúde do Consumidor e Crop Science - Saúde Animal. O segmento de Produtos Farmacêuticos concentra-se em produtos de prescrição, especialmente para cardiologia e saúde da mulher e da terapêutica de especialidades nas áreas de oncologia, hematologia e oftalmologia.



A divisão compreende também o negócio de radiologia, que comercializa equipamentos de diagnóstico por imagem e os respectivos agentes de contraste. A empresa registrou vendas de € 46,7 bilhões em 2016 um aumento de 1,5% em comparação aos € 46,1 bilhões em 2015. O lucro por ação em 2016 foi de € 7,3. As vendas da divisão farmacêutica foi de € 16,4 bilhões, em 2016 um aumento de 7% em comparação a 2015. Isto pode ser atribuído ao elevado crescimento combinado dos 5 principais produtos que vendem a gravação de um total de vendas combinadas de € 5,4 bilhões.

No quarto trimestre fiscal (Q4) as vendas foram de € 11,8 bilhões, um aumento de 5% em relação a 2015 e as vendas do Q4 foram de € 11,3 bilhões. As vendas dos produtos farmacêuticos do Q4 foram registrados em € 4,3 bilhões, um aumento de 7% em relação a 2015 no mesmo Q4 para as vendas. O fator direcionador desta alta foi devido ao lançamento, com sucesso, dos produtos Xarelto (rivaroxaban), Eylea (aflibercept), Stivarga (regorafenib), Xofigo (rádio Ra 223 dicloreto) e Adempas (riociguat). Além de, em 2016, apresentar enfraquecimento do crescimento no mercado de produtos farmacêuticos particularmente nos Estados Unidos, Europa e Japão. O ritmo de crescimento manteve-se estável nos mercados asiáticos e latino-americanos.





Análise Num Relance


Original: IgeaHub

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!


⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST


⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 

⬛◼◾▪ CONTATO ▪